(85) 99263-5955

Ligue E Participe

PEDIDOS
VÍDEOS
Baixe o Flash Player para ver este vídeo
ENQUETE
    Nenhuma enquete cadastrada!
Notícias

Quase três mil suspeitos de crimes são capturados no Ceará em março de 2021

As capturas se dividem entre flagrantes e cumprimentos de mandados de prisão.

14 de abril de 2021 às 10h44min

No último mês de março, as forças de segurança capturaram no Ceará 2.936 suspeitos (entre adolescentes e adultos), de acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS). O balanço é feito com base nos dados fornecidos e consolidados mensalmente pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp).

As capturas se dividem entre cumprimento de mandados e flagrantes. O último mês apresentou um aumento de 4,6% em relação a fevereiro, que fechou com 2.808 prisões e apreensões.

Em março, aconteceram 358 prisões e autos de apreensão por mandado e 2.578 por flagrante. Das 2.936 capturas, 14,45% tiveram armas apreendidas e 23,19% tiveram drogas apreendidas. Em média, cerca de cem pessoas foram levadas a delegacias da Polícia Civil, todos os dias, para serem autuadas em flagrante ou para que tivessem os mandados judiciais cumpridos.

A SSPDS informa que o trabalho de consolidação dos dados das capturas realizadas pelas Polícia Civil e Militar é feito em conjunto com a Coordenadoria de Inteligência (Coin) da SSPDS.

O número total de capturados nos três primeiros meses de 2021 chega a 8.268. “Esse é mais um excelente resultado da segurança pública do Ceará. Já estamos com uma intensificação muito grande nas nossas ações desde janeiro de 2021. Isso é resultado de um trabalho operacional de parte das Polícias Militar e Civil e do emprego da inteligência, com o uso cada vez maior da tecnologia e da estatística para o direcionamento das atividades policiais”, destacou o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron.

A SSPDS encara o número como resultado que consolida o planejamento estratégico da pasta, que tem como objetivo promover uma maior sensação de segurança e tranquilidade à população cearense.

 

Balanço de outros crimes

 

 

  • As apreensões de armas de fogo chegaram a 1.486 registros apenas no primeiro trimestre de 2021, marca superior em 22,3% referente ao mesmo período do ano de 2020.
  • Também foi apresentada a diminuição de 25,7% nos Crimes Violentos Letais Intensionais (CVLI), no Ceará, se comparados os três primeiros meses de 2021 e 2020.
  • As apreensões de drogas tiveram um acréscimo de 109%, passando de 472 quilos para 987 quilos no trimestre.

OUTRAS NOTÍCIAS

CONTATO

[email protected]

(85) 99263-5955

Redes Sociais